sábado, 11 de junho de 2011

O FRIO ESTÁ CHEGANDO

Faltando poucos dias para o início do Inverno 2011, o Paraná já registra temperaturas baixas em todas as regiões. Nesta manhã de sábado houve formação de geadas leves em Londrina, atingindo fundos de vales e até mesmo áreas mais altas. As imagens mostram geada e neblina entre 7 e 8h30min da manhã de hoje. A mínima ficou em 7,4ºC, no abrigo.


 
Imagens Coutinho Mendes

sexta-feira, 10 de junho de 2011

TAM RETOMA VÔOS PARA PORTO ALEGRE E FLORIANÓPOLIS

Em Londrina, os vôos da manhã foram prejudicados pela neblina que reduziu a visibilidade.
As companhias aéreas TAM, Gol e Webjet retomaram no começo da tarde de hoje (10) parte das operações para aeroportos da Região Sul do país, que estavam paralisadas em razão da nuvem de cinzas provocada pelo vulcão chileno Puyehue. A TAM retomou os voos para Porto Alegre e Florianópolis, mas manteve os cancelamentos de voos com destino aos aeroportos de Buenos Aires, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai. 

A Gol restabeleceu a operação para os terminais de Florianópolis, Navegantes e Joinville, todos em Santa Catarina. No entanto, os voos previstos para Porto Alegre e Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, Chapecó (SC), Buenos Aires (Argentina) e Montevidéu (Uruguai) permanecem cancelados. A Webjet informou que está operando normalmente, com suspensão de pousos e decolagens apenas do Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. A Azul, que também opera voos para o Sul do país, decidiu manter os cancelamentos de voos de ida ou volta para a região.

De acordo com a Força Aérea Brasileira (FAB), a nuvem de cinza vulcânica começou a se dissipar e, em território brasileiro, está concentrada agora apenas no Rio Grande do Sul. Durante a madrugada, a nuvem chegou a cobrir 70% da área do estado.

IDELI É A MINISTRA DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS


Ministros Ideli Salvati e Luiz Sérgio anunciam durante coletiva a troca de suas pastas. Imagem Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr
A presidenta Dilma Rousseff decidiu, hoje, trocar a articulação política de seu governo e optou por uma solução caseira. A atual ministra da Pesca e Aquicultura, Ideli Salvatti (PT-SC), vai ocupar a Secretaria de Relações Institucionais. Já o ministro de Relações Institucionais, Luiz Sérgio, foi designado para a Pesca e Aquicultura. 

Foi a segunda mudança no ministério de Dilma. Na terça-feira, Antonio Palocci foi substituído na Casa Civil pela senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). A troca de Ideli por Luiz Sérgio foi confirmada há pouco pela assessoria de imprensa da Secretaria de Relações Institucionais.

A atuação de Luiz Sérgio já vinha sendo criticada no Congresso Nacional. Na prática, o diálogo do governo com a Câmara e o Senado estava sendo conduzido mais por Palocci, que deixou o governo em meio às denúncias de enriquecimento ilícito, devido ao aumento de seu patrimônio nos últimos anos. Como a nova ministra da Casa Civil tem um perfil muito mais técnico que político, a Secretaria de Relações Institucionais passará a ter um protagonismo maior no governo. Por isso, o Palácio do Planalto buscou Ideli para substituir o desgastado Luiz Sérgio.

No Senado, Ideli foi líder do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foi uma ferrenha defensora do governo Lula, principalmente durante a crise provocada pelas denúncias de mensalão.

Nota à imprensa

Em nota, a presidente Dilma comunicou a alteração:
"A presidenta Dilma Rousseff convidou hoje a ex-senadora Ideli Salvatti para assumir a chefia da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República. O ministro Luiz Sérgio será o novo titular do Ministério da Pesca e Aquicultura. A Presidenta dará posse aos ministros em suas novas funções na próxima segunda-feira, 13/6". 

BETO RICHA LANÇA PROGRAMA PARA CONSTRUIR 10 MIL CASAS NA ZONA RURAL

Imagem Arnaldo Alves/AENotícias
O governador Beto Richa lançou nesta sexta-feira, em Pato Branco, o programa Morar Bem Paraná Rural, que nos próximos quatro anos vai atender 10 mil famílias do campo com casas novas e outras 4 mil com reformas e ampliações. O programa será executado pela Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), em parceria com a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento (Seab), Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), Caixa Econômica Federal e cooperativas de agricultores.

O Morar Bem Paraná Rural faz parte do plano do plano do governo de atender 100 mil famílias com moradia em todo o Estado nos próximos quatro anos. Para garantir o bom andamento do programa, representantes dos municípios e das entidades envolvidas serão capacitados para orientar as famílias interessadas sobre normas e critérios de enquadramento estabelecidos pelo Programa Nacional de Habitação Rural e pelo Morar Bem Paraná Rural. A primeira capacitação será dada a partir do dia 16, em Cascavel, para representantes de 20 municípios com os quais o governador assinou, em Pato Branco, protocolos de intenções para construção de novas moradias.

“Esta é apenas a primeira etapa. Vamos transformar o Paraná em um grande canteiro de obras, no campo e nas cidades, para que todos os paranaenses tenham como oferecer aos seus filhos condições dignas de vida. Esta é a nossa forma de demonstrar o respeito que temos pelo povo que vive no interior e na cidade”, destacou Richa.

NOVAS MORADIAS – Foram assinados protocolos de intenções para construção de novas moradias com municípios das regiões Sudoeste e Sul: Barracão (20 unidades), Bituruna (20), Bom Jesus do Sul (10), Clevelândia (20), Enéas Marques (15), Flor da Serra do Sul (15), Francisco Beltrão (20), Honório Serpa (15), Manfrinópolis (15), Mangueirinha (20), Marmeleiro (20), Pato Branco (20), Pérola do Oeste (15), Pinhal de São Bento (15), Renascença (15), Salgado Filho (15), Santa Izabel do Oeste (20), Santo Antônio do Sudoeste (25), São João (20), Saudade do Iguaçu (15).

APP-SINDICATO REALIZA ASSEMBLÉIA AMANHÃ EM MARINGÁ

A APP-Sindicato realiza neste sábado, a partir das 8h30min, no Auditório Dona Guilhermina, em Maringá, uma assembléia estadual extraordinária. Os educadores – professores e funcionários de escola – da rede pública estadual vão debater o andamento das negociações com o Governo do Estado, bem como discutir o calendário de mobilizações para o próximo período. O encontro também servirá para transmitir à base informes das últimas ações do sindicato.

Na assembléia, um dos temas de destaque será o Porte de Escolas, que é um dos principais pontos da pauta de negociações com o Governo, entregue em janeiro. O porte de escolas é a relação entre infraestrutura física e de pessoal de cada escola e a sua demanda. Um novo modelo de porte de escolas está em debate, e o Governo colocou em consulta pública uma proposta, que recebe sugestões até o dia 15. A APP defende que, além do debate amplo, o novo modelo de porte contemple realmente as necessidades da educação – se necessário, impondo ao Governo a obrigação de novos concursos públicos para supri-las.

Outro tema que será colocado à discussão dos educadores será o rumo das negociações com o Governo sobre a ampliação da hora-atividade – período em que o professor, em trabalho, permanece fora de sala-de-aula, para preparar atividades e corrigir provas. Na decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre a constitucionalidade do piso nacional do magistério, ficou definido também que a hora-atividade seria de um terço da jornada, ao menos. A APP negocia com o Governo do Estado a ampliação dos atuais 20% para 34% (o que cumpriria o mínimo de 33% e faz um ajuste de fração de hora). Uma proposta de expansão gradual da hora-atividade deve ser formulada pelo Governo ainda este mês.

A categoria terá ainda a oportunidade de discutir em Maringá a negociação das carreiras de professores e funcionários, que ainda apresentam distorções no quadro de servidores. A APP já apresentou a demanda pela implantação de mais um nível para professores com especialização em instituições reconhecidas pelo MEC e do reconhecimento da graduação para agentes educacionais I (que ingressam tendo pelo menos concluído o ensino fundamental) e da pós-graduação para agentes educacionais II (cuja escolaridade mínima é o ensino médio). Outra reivindicação é pelo reenquadramento de aposentados já reconhecido em ações judiciais.

Eleições e congresso – A assembléia também dá largada ao processo eleitoral do Sindicato, que acontece em setembro. Pela primeira vez, a votação será informatizada e no sábado será aprovado do regimento do processo eleitoral. Outro ponto é o congresso estadual da APP, que acontece a cada três anos e terá a próxima edição no fim deste ano. Na assembléia será aprovado o cronograma e o regimento do congresso.

DILMA PRESIDE HOJE COMEMORAÇÃO DA BATALHA DO RIACHUELO


A presidenta da República, Dilma Rousseff, presidirá, hoje, às 10 horas, a cerimônia comemorativa do 146º Aniversário da Batalha Naval do Riachuelo, data magna da Marinha (11 de junho). O evento acontece às 10h no Grupamento dos Fuzileiros Navais de Brasília.

Na cerimônia cerca de 170 personalidades e instituições serão agraciadas com a Medalha da Ordem do Mérito Naval. A Medalha, criada por meio do Decreto nº 24.659/1934, destina-se a premiar militares da Marinha que tenham se destacado no exercício da profissão. Também podem ser homenageadas, excepcionalmente, corporações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, assim como personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras que tiverem prestado relevantes serviços à Marinha do Brasil.

De acordo com a Marinha do Brasil, a data faz referência à Batalha Naval do Riachuelo, ocorrida na manhã do dia 11 de junho de 1865, no rio Paraná, e é considerada por historiadores como uma batalha decisiva da Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai. A Batalha representa uma das mais importantes vitórias da história militar brasileira e foi o maior embate militar na América do Sul. 

CINZAS DO VULCÃO CHILENO SUSPENDEM VÔOS NO BRASIL

Criação de carneiros na Província de Rio Negro, Argentina.            Imagem Diario Rio Negro - reprodução
As cinzas do vulcão chileno Puyehue chegaram ao Sul do Brasil e provocaram o cancelamento dos vôos comerciais nos Estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e no aeroporto de Curitiba. Na Argentina, a cidade de Ingeniero Jacobacci, na Província de Rio Negro, a situação continua crítica. A cinza acumula nas ruas das cidades e cobre as pastagens. Com isso, os animais não tem o que comer. A ajuda do Governo não consegue chegar à zona rural e os agricultores tentam desesperadamente encontrar comida e água para os animais. A falta de visibilidade, por conta da cinza, tem provocado acidentes nas rodovias da região.


quinta-feira, 9 de junho de 2011

SÉRGIO SOUZA TOMA POSSE NO SENADO NA TERÇA-FEIRA

O advogado Sérgio Souza (PMDB) assume o mandato de Senador, no lugar da ministra Gleisi Hoffmann, na próxima terça-feira, às 16 horas. Os detalhes da posse do primeiro suplente da senadora Gleisi foram definidos, hoje, em Brasília, durante visita ao senador José Sarney. O novo Senador paranaense entregou a documentação na Secretaria Geral da Mesa e depois esteve com o presidente nacional do PMDB, senador Valdir Raupp. Com a posse de Sérgio Souza, o PMDB passa a ter uma bancada com 20 senadores. A convocação de Sérgio Souza ocorreu com a decisão da presidenta Dilma Rousseff em nomear a senadora Gleisi Hoffmann ministra-chefe da Casa Civil da Presidência da República. 

MP DO PARANÁ QUER GARANTIR ATEDIMENTO DURANTE GREVE DA SAÚDE


A Promotoria de Justiça de Defesa de Saúde Pública de Curitiba reuniu-se nesta tarde (9) com representantes do Sindicato dos Hospitais e do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde de Curitiba e Região (Sindesc). O Ministério Público do Paraná convocou a reunião em virtude das notícias de não realização de cirurgias e procedimentos médicos de urgência e emergência por conta da greve dos empregados da saúde. Como não foi possível um acordo para se restabelecer a integralidade do serviço, o MP-PR, através das promotoras de Justiça Luciane Maria Duda e Fernanda Nagl Garcez, expediu recomendação que determina que seja feita uma re-locação dos grevistas para que se garanta, ao menos, o atendimento de procedimentos de urgência e emergência em todos os hospitais e unidades de saúde da capital (inclusive cirurgias).

Na mesma recomendação, foi asseverado que o não atendimento dos serviços obrigará o Ministério Público a adotar providências para persecução criminal por infração, em tese, aos artigos 132, 135, 121 ou 129*, combinados com o art. 18, II, todos do Código Penal, em relação a cada grevista, em cada estabelecimento de saúde, no qual o procedimento médico de urgência ou emergência deixar de ser realizado exclusivamente pela falta daquele empregado, sobretudo quando levar à morte ou a lesão corporal no paciente, sem prejuízo da interposição das respectivas ações de indenização por danos materiais e/ou morais cabíveis.

Na mesma reunião foi solicitado pelo MP-PR, ao Sindicato dos Hospitais, a informarem por escrito, com urgência, à Promotoria, sobre todos os procedimentos médicos de urgência ou emergência que deixarem de ser realizados em virtude da atual greve dos trabalhadores em saúde, indicando o nome e endereço do paciente, a natureza do procedimento, e o respectivo vínculo (SUS ou não). Em caso de morte ou lesão irreparável à saúde do paciente, o Sindicato deve indicar também a relação dos empregados em greve no momento da não realização do procedimento de emergência e a lesão corporal no paciente (sem prejuízo da interposição das respectivas ações de indenização por danos materiais e/ou morais cabíveis).

* Art 121. Matar alguém; Art. 129. Ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem; Art. 132 - Expor a vida ou a saúde de outrem a perigo direto e iminente; Art. 135 - Deixar de prestar assistência, quando possível fazê-lo sem risco pessoal, a criança abandonada ou extraviada, ou a pessoa inválida ou ferida, ao desamparo ou em grave e iminente perigo; ou não pedir, nesses casos, o socorro da autoridade pública.

A CHUVA FOI EMBORA. AGORA É A VEZ DO FRIO

A chuvarada foi embora. Está, agora, no Estado de São Paulo. O aeroporto de Londrina voltou a operar, nesta tarde, para pouso e decolagem dos aviões comerciais. A visibilidade está normal. Mas o frio vai se intensificar no fim-de-semana. Segundo o SIMEPAR, haverá formação de geadas em várias regiões do Paraná. Acompanhe os gráficos elaborados pelo meteorologista Cezar Duquia.
Fonte: SIMEPAR

Fonte: SIMEPAR

CHUVA INTENSA NO NORTE DO PARANÁ FECHA AEROPORTO DE LONDRINA

O aeroporto de Londrina fechou na manhã de hoje. A chuva intensa prejudica o movimento desde às 7 horas. Segundo os dados do SIMEPAR, entre 7 e 8 horas choveu 25 milímetros em vários pontos do Norte do Paraná. Confira na tabela do SIMEPAR os índices de chuva no Paraná.
Fonte: SIMEPAR

DILMA RECEBE O PRESIDENTE ELEITO DO PERU

Eleito presidente do Peru no último domingo, o nacionalista Ollanta Humala, de 48 anos, escolheu o Brasil para ser o primeiro país visitado por ele. Humala se reúne hoje às 10 horas com a presidenta Dilma Rousseff. O convite para ele vir ao Brasil foi feito no dia seguinte à sua vitória – segunda-feira, dia 6. Dilma pretende ir a Lima para a posse de Humala em 28 de julho. Humala deve passar o fim de semana em São Paulo, segundo assessores peruanos.

BETO RICHA CANCELA VISITA A PONTA GROSSA

Em função das chuvas nas últimas horas foi cancelado, nesta manhã, o lançamento do Programa Estadual Parque Escola, que aconteceria nesta quinta-feira às 10h30min, no Parque Estadual de Vila Velha, em Ponta Grossa, com a presença do governador Beto Richa. Chove em todo o Estado do Paraná.

quarta-feira, 8 de junho de 2011

JUSTIÇA NÃO ACATA PEDIDO DE AFASTAMENTO DE BARBOSA

O juiz Mário Azolini, da 4ª Vara Cível de Londrina, não acatou o pedido para que fossem afastados de imediato de seus cargos o prefeito Barbosa Neto e o secretário de Planejamento, Fábio Góes, acusados pelo Ministério Público de improbidade administrativa na investigação de desvios de recursos na área de  Saúde da Prefeitura. A decisão saiu no início da tarde de hoje. A Ação Civil Pública protocolada pelos promotores, ontem, prosseguirá normalmente para responsabilização por atos de improbidade administrativa contra o prefeito de Londrina, Homero Barbosa Neto, outras seis pessoas e uma empresa. 

PESSUTI É NOMEADO CONSELHEIRO DO BNDES


O ex-governador Orlando Pessuti (PMDB) é o novo Conselheiro de Administração do BNDES. Seu nome foi aprovado pelo Banco Central e sua nomeação foi publicada hoje no Diário Oficial da União, que circula também com a nomeação da senadora Gleisi Hoffmman (PT) como nova Ministra da Casa Civil. Pessuti está em Brasília com o advogado Sergio de Souza, que substituirá Gleisi no Senado, participando da posse da nova ministra.

GLEISI HOFFMANN ASSUME, HOJE, A CASA CIVIL

Imagem Renato Araujo - ABr
A senadora paranaense Gleisi Hoffmann (PT) assume, hoje, às 16 horas, no Palácio do Planalto, em Brasília, o cargo de Ministra-Chefe da Casa Civil da Presidência da República. O convite foi feito pela presidenta Dilma Rousseff depois do pedido de demissão do ministro Antonio Palocci. Gleisi foi convidada para assumir a Casa Civil com a tarefa de priorizar a gestão dos projetos do Governo.

“A presidenta Dilma quer o funcionamento da Casa Civil voltado à área de gestão e ao acompanhamento de projetos e processos. Tive a oportunidade de trabalhar com ela em vários projetos quando fui diretora financeira de Itaipu. Ela era ministra de Minas e Energia. A presidenta disse que o meu perfil é o que ela quer na Casa Civil”, disse Gleisi em entrevista coletiva.

Gleisi foi diretora financeira de Itaipu Binacional por quatro anos e trabalhou na transição do primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Naquela oportunidade, conheceu a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, e a a presidenta Dilma Rousseff, que assumiu em seguida o Ministério de Minas e Energia. Ela é advogada e foi eleita no ano passado para seu primeiro mandato eletivo, como a primeira senadora do Paraná. No PT, faz parte da corrente “Construindo um Novo Brasil”.

Gleisi Hoffmann é casada com Paulo Bernardo, ministro das Comunicações. A vida política do casal começou em Londrina. Paulo Bernardo foi deputado Federal pela cidade e Gleisi Hoffmann trabalhou na Prefeitura.